A Unidade de Coleta de Sangue de Votuporanga completa neste sábado (5/5) o primeiro ano em funcionamento. Com a implantação do serviço, em maio de 2017, as coletas no município foram retomadas após alguns anos de paralisação, atendendo a uma antiga necessidade dos voluntários, que até então se deslocavam a outros municípios da região para realizar a doação de sangue.

A retomada da coleta de sangue na cidade era um dos principais compromissos assumidos pelo prefeito João Dado que facilitou e incentivou as pessoas ao voluntariado por meio da iniciativa da criação da Unidade em parceria com a Santa Casa e o Hemonúcleo de Ribeirão Preto. De lá para cá, 2,4 mil doadores passaram pela Unidade e 2 mil bolsas de sangue foram captadas. Estima-se que cada bolsa possa salvar até quatro vidas.

Além da data especial, sábado (5/5), primeiro do mês de maio, é dia de doação de sangue na Unidade de Coleta de Votuporanga. O atendimento será prestado das 8h às 11h no espaço anexo ao Hospital “Fortunata Germano Pozzobon”, na rua Antônio Galera Lopes esquina com a Antônio Serafim de Queiroz, na Zona Norte. 
Os demais dias de coleta ocorrem às terças-feiras, das 15h às 18h, e às quintas-feiras, das 8h às 11h, sempre por meio de agendamentos. O interessado pode ser voluntário para a doação de sangue, doação de medula ou de ambos. 
As doações podem ser agendadas de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h30 às 17h, pelo (17) 3426-7530, ramal 210, ou pelo (17) 98179-1989. Aos sábados, o funcionamento da Unidade é das 8h às 11h. 
 
Doações
Para doar, é necessário apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo território nacional. 
Pessoas entre 18 e 69 anos podem doar sangue. Além disso, é necessário pesar acima de 50 quilos e estar bem de saúde. Mulheres podem fazer até três doações ao ano e os homens quatro. Caso esteja tomando algum tipo de medicação, é importante levar o nome do remédio e apresentá-lo na unidade de coleta. 
 
Não pode doar
Não é recomendada a doação nos seguintes casos: o candidato que teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade; portadores de hanseníase, malária, doença de chagas, HIV, diabetes ou câncer; quem tenha feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses;  quem fez ou faz uso de drogas ilícitas ou mantém relações sexuais de risco; está com febre, gripe ou infecção; ingeriu álcool até três dias antes da doação, entre outros impedimentos. 
Vale destacar, as pessoas que foram vacinadas contra a gripe nesta Campanha de Imunização, devem aguardar por 30 dias após o recebimento da dose para realizar a doação.
 
Recomendações para a doação
Antes de doar é importante: dormir bem por pelo menos 6 horas; evitar jejum e fazer refeições leves e não gordurosas; evitar uso de bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; e não fumar uma hora antes.

Recomendadas para você