Geral

Prefeitura renova termo de cooperação para permanência do Tiro de Guerra em Fernandópolis



Em reunião com o comandante do Tiro de Guerra de Fernandópolis, 1° Sargento Adilson Alezando Mosquer, o prefeito André Pessuto assinou na última segunda-feira, 11, a renovação do acordo de cooperação com o Exército Brasileiro para permanência do Tiro de Guerra (TG) no município.

“O TG tem uma importância significativa para Fernandópolis, por isso vimos como essencial a permanência desse trabalho em nossa cidade. É ótima escola de civismo, que cuida de forma brilhante dos nossos jovens. Com a renovação do termo, os atiradores também continuarão ajudando a comunidade por meio do apoio dado à diversas campanhas, atividades esportivas e ações solidárias”, comentou o Prefeito André Pessuto.

Com a renovação das atividades, a  formação dos atiradores será feita em Fernandópolis até o ano de 2024.

SOBRE O TG
O Tiro de Guerra é mantido em Fernandópolis pelo Exército Brasileiro em parceira com a Prefeitura. Todos os anos, a instituição recebe jovens que são matriculados com base na Lei do Serviço Militar e que têm a oportunidade de dar sua contribuição, ainda que modesta, para a defesa da Pátria, conciliando sua vida cotidiana, com rotinas como trabalho, estudo e convívio familiar.

O Serviço Militar inicial (obrigatório) tem duração de cerca de 10 meses. O objetivo deste trabalho é contribui para a formação do caráter cívico e da cidadania dos jovens brasileiros, introduzindo valores éticos, morais, físicos e culturais, difundidos e praticados nas Forças Armadas.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Geral