Economia

Rodada de negócios gera expectativa de quase R$ 6 milhões para MPEs de turismo e hospitalidade



Micro e pequenas empresas (MPEs) do Litoral Norte tiveram a oportunidade de fazer negócios com empresas de turismo, meios de hospedagens, bares e restaurantes no último dia 24 de novembro, em rodada de negócios virtual promovida pelo Sebrae em parceria com o Consórcio Circuito Litoral Norte. Ao todo o evento gerou expectativa de cerca de R$ 6 milhões em negócios entre as oito empresas âncoras (sete do Litoral Norte) compradoras e as 102 MPEs vendedoras, gerando uma média superior a R$ 58 mil por participante. 

Pequenos negócios como açougues, agências digitais de comunicação, empresas de aluguel de geradores, de artigos de higiene e limpeza, confecção de uniformes, contratação de cerimonialista, assessoria de imprensa, empresas de decoração e programação visual participaram do evento, bem como fornecedores de alimentos, bebidas, de decoração de palco, de enxoval, de produtos para tratamento de piscina, de limpeza e móveis. Prestadores de serviços como empresas de buffet, enfermagem, instalação elétrica e hidráulica, lavanderia, limpeza, montagem, papelaria, recepção, entre outros, também marcaram presença. 

Proprietária da Pousada 8 Ilhas, no município de Ilhabela, Lívia Mapa participou da rodada de negócios. A empresária explica que, por conta do momento de pandemia, evitam contato presencial e a busca por fornecedores na internet, por ser muito ampla, muitas vezes dificulta o acesso. “A iniciativa do Sebrae para criação de network, principalmente nesse período crítico de pandemia, é incrível. Com a rodada de negócios você especifica as suas necessidades e é direcionado para fornecedores que atendem a sua região, facilitando os negócios e otimizando tempo”, explica. “Estou satisfeita em fazer parte deste projeto, trocar experiências, necessidades e otimista com os novos contatos e parcerias”, completa Lívia. 

“A Rodada de Negócios é mais uma ferramenta para apoiar os empresários e fomentar os negócios regionais. Além de fazer uma ponte direta entre o público fornecedor e os empresários do segmento de turismo, essa edição ajudou ainda mais na reflexão das empresas sobre sua presença online, visto que a ação compreendeu reuniões de negócios 100% digitais”, comenta o gerente do Sebrae no Vale do Paraíba e Litoral Norte, Jardel José Busarello. 

Para o secretário executivo do Consórcio Circuito Litoral Norte, Gustavo Monteiro, a instituição vem fazendo um trabalho de preparo, desenvolvimento do destino regional e promoção do destino turístico como alternativa segura. “Em parceria com o Sebrae, aproveitamos o período de pandemia para capacitar e tornar os empresários do turismo ainda mais competitivos para a retomada. E pudemos ver na rodada de negócios a importância de se conectar com parceiros para encontrar novas soluções e renda. A média de valor por negócio gerado superou os R$ 58 mil e a expectativa é que isso possa evoluir ainda mais com o aumento de demanda previsto”, projeta Monteiro.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Economia