Saúde

Volta às aulas: uso constante de telas causa danos à saúde dos olhos



A Olhar Certo - primeira rede de franquias de clínicas oftalmológicas do Brasil especializada em oftalmologia de alta performance, conta com todas as especialidades da área e equipamentos de ponta para a realização de exames e tratamentos. Em todo o país, aulas presenciais foram suspensas e a saída para crianças e adolescentes foi o uso da tecnologia para auxiliar na aprendizagem, seja por meio do computador ou celular.  E nesse momento a rede Olhar Certo alerta para o fato de que a pandemia do coronavírus fez com que as crianças e adolescentes passassem mais tempo on-line.

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) cerca de 70% a 90% da população mundial sofre com desconfortos visuais ao longo do dia, principalmente depois do uso prolongado de eletrônicos. Já entre as crianças, cerca de 20% em idade escolar apresentam problemas oculares.  E cerca de 90% do desenvolvimento da visão ocorre nos primeiros anos de vida.  Nesta fase, o acompanhamento precisa ser feito a cada seis meses e, depois disso, pelo menos uma vez ao ano. Somente o especialista será capaz de identificar qualquer alteração na visão para tratá-la quanto antes.

“Com acesso a oftalmologia , pelo menos 70% das causas de cegueira e grave comprometimento visual infantil poderiam ser evitadas ou possuem tratamento efetivo, na Olhar Certo os tratamentos mais procurados para este público são: distúrbios da refração (miopia, hipermetropia e estrabismo), conjuntivites e alergias oculares, estrabismo, glaucoma e catarata congênitas” afirma Priscilla Drudi, oftalmologista e sócia da Olhar Certo

Para fazer o acompanhamento da saúde ocular das crianças, é recomendado agendar consultas regulares com o oftalmologista infantil. Tal profissional é especializado em diagnosticar e tratar as doenças dos olhos que atingem esse público, desde o nascimento até a fase da adolescência. 

Vale lembrar que os problemas nos olhos podem comprometer o aprendizado das crianças em fase escolar. Por isso, é tão importante estar atento à saúde dos olhos, inclusive na infância.  “A proposta é conscientizar a população sobre os cuidados com a saúde ocular, com a prevenção e que é preciso manter visitas a cada seis meses com o médico especialista, a fim de acompanhar a saúde dos olhos e impedir o avanço de doenças mais sérias”, finaliza Carla Sarni, CEO do Grupo Salus que detém marcas como a Sorridents, Olhar Certo e GiOlaser.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Saúde